sexta-feira, 9 de julho de 2010

DEUS REINA - parte VIII

Saul lançou-se sobre sua própria espada. Seu pagem de armas, não quiz matá-lo como ele queria. ele próprio matou-se, pois sabia que a batalha estava perdida. Seu pagem vendo que Saul estava morto, lanço-se sobre sua propria espada também e matou-se.
Mas na frente vemos um episódio de que alguém lançou mão da corôa de Saul. Um amalequita, que escapara da batalha, estava entre o exército de Israel. e viu Saul já morto. Este amalequita sabia  que Saul era inimigo de Davi. Apropriou-se então da corôa e da manilha, certamente que pensava em ser beneficiado por Davi. Então contou uma estória. Mentindo, falou que Saul lhe pedira que o ferisse com sua própria espada. Certamente pensou que Davi lhe seria muito grato por ter dado um fim na vida de seu inimigo. Mas o que aconteceu foi ao contrário, pois este nunca esteve junto de Davi. Davi jamais permitiria que alguém ferisse a Saul, pois ele próprio já demonstrara isto duas vezes. Davi mandou um mancebo matar aquele amalequita. Vejamos a prud~encia de Davi. No cap 1 de II Samuel vs. 15 e 16:
ENTÃO CHAMOU DAVI A UM MANCEBO E DISSE: CHEGA E LANÇA-TE SOBRE ELE. E ELE O FERIU, E MORREU.
E DISSE DAVI: O TEU SANGUE SEJA SOBRE A TUA CABEÇA, PORQUE A TUA PRÓPRIA BOCA TESTIFICOU CONTRA TI, DIZENDO; EU MATEI O UNGIDO DO SENHOR.
Este foi o fim daquele amalequita. Por duas razõe recebeu a morte. Primeiro porque pensara em tirar alguma vantagem pessoal em declarar diretamente à Davi a morte de Saul. Segunda, por não conhecer a honestidade de Davi, e nem mesmo conhecer ao Senhor Deus de Israel. O povo amalequita era descendentes de Esaú, e tinham constantes guerras contra Israel. Este amalequita, certamente foi um dos poupados por Saul quando Deus mandara Saul destruir a todos. Os amalequitas tinham a fama de ser um povo nômade e saqueador, era classificado como um povo devastador. E foi o que o amalequita fêz, saqueou o corpo de Saul, tirando a sua corôa e suas manilhas, que o identificavam como rei. Neste caso a justiça de Deus veio através de Davi. Davi lamentou muito a morte de Jônatas, chorou e jejuou e compôs uma lamentação.

Com isto tudo termina, o primeiro período de reinado sobre o povo de Israel. Logo então veremos a aclamação de
Davi como rei de Judá. Davi não assumiu de imediato o trono de Israel. Se observarmos foram longos anos de espera para que a vontade de Deus se cumprisse. Saul subiu ao trono de Israel cerca do ano 1060 AC até 1040AC. segundo Josefo. reinou cerca de 20 anos, e tinha a idade de 40 quando começou a reinar. Morreu portanto com 60 anos. Porém em Atos 13:21 encontramos no discurso de Paulo na sinagoga de antioquia, que ele diz que Saul reinou sobre Israel durante 40 anos.Já Davi começou a reinar com 40 anos. Então pode-se dizer que Davi deve ter esperado aproximadamente uns 20 anos talvez, desde que fôra ungido por Samuel. Quando foi ungido era moço, mas teve que esperar muito tempo para cumprir o que Deus o Senhor lhe reservara. Nem sempre as coisas acontecem rápidamente, os Planos de Deus são diferentes dos planos dos homens. deus não leva em conta o período de tempo, mas leva em conta os acontecimentos. Pois Deus o Senhor pode mudar a qualquer momento algum plano seu. Muitos podem dizer! Mas Deus é imutável, ele jamais mudará. A razão disto é que temos que interpretar corretamente isto. Deus jamais mudará. Verdadeiramente jamais mudará. ou seja Ele; Deus; o Senhor, (Ele) não mudará. Mas os seus planos podem ser mudados nesta terra. Não lemos que se Deus o Senhor prometer benção à uma nação, que cumpre os seus mandamentos e anda nos seus caminhos, se tal nação de que o Senhor falou em benção, começar a andar por maus caminhos, não cumprir os seus mandamentos, Deus também muda a benção daquela nação em maldição! Ou se o Senhor prometer maldição, destruição para uma nação, mas se esta nação se arrepender de todo o coração, e voltar os seus caminhos em obedecer aos mandamentos doSenhor, também Deus o Senhor se arrepende do mal que faria, e troca a maldição por benção. Foi isto que aconteceu com Nínive, descrito exclusivamento no livro do profeta Jonas.
Mas Deus não se esquece jamais de suas promessas, os seus planos são feitos e conduzidos como o grande maestro conduz uma grande orquestra. O Senhor sabe exatamente o momento certo de agir. Muitos céticos, que não compreendem os planos do Senhor, dizem ser Deus o Senhor, um deus manipulador. Não podemos acreditar nisto. Primeiro porque Deus o Senhor é único, é soberano, Ele é o criador de todas as coisas. Ele é Senhor. então não tem que dar satisfação a homem algum. Nós somos meramente criaturas de Deus. E nenhuma criatura ´tem o direito de dar opinião ao seu criador, em como Este deve conduzir a vida de sua criatura.
Deus Reina! Ele é o Rei da Glória. Ele é o Rei dos reis, Senhor dos senhores.
Já sabemos que há para todo o propósito na terra um tempo determinado por Deus. Salomão escreveu isto. Alguém pode contestar o que este sábio escreveu? Nada ocorre fora do seu tempo. Porque tudo isto?
PORQUE DEUS REINA!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários de anônimos não são aceitos somente identificados