quarta-feira, 26 de março de 2008

Artigos de fé e doutrina

ARTIGOS DE FÉ E DOUTRINA PARA A IGREJA A fé e doutrina que a igreja prega e ensina está de acordo com as Escrituras Sagradas (Bíblia Sagrada). Este artigos de fé, são parte integrante da Primeira Convenção das Igrejas Ítalo-Americanas, realizada em 1927, em Niágara Falls, Nova York - (EUA).
- Art. 1º - Cremos na inteira Bíblia Sagrada,(nos trinta e nove livros no N.T. e vinte e sete do N.T) e aceitamo-la como verdadeira e fiel Palavra de Deus inspirada pelo Espírito Santo. Através da qual somos ensinados, redargüidos, admoestados, julgados, preparados e consolados, para o aperfeiçoamento da fé cristã e do cumprimento dos mandamentos de Deus que por seu Filho Jesus Cristo foi pregado. (iII Ped. 1:21; II Tim. 3:16,17; Rom. 1:16) (Mateus 22: 37) Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. (Mateus 22: 39) E o segundo semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos depende toda a Lei e os profetas. Art. 2º -Cremos no único e verdadeiro Deus, todo poderoso, o criador de todo o universo, e que é e que era e que há de vir. Ao qual devemos toda a honra, toda a glória por todo o sempre. Amém. Em cuja unidade há três pessoas distintas. O PAI, O FILHO E O ESPÍRITO SANTO. (Ef. 4:6; Mat. 28:19; I João 5;7). Art. 3º -Cremos em Jesus Cristo como o unigênito Filho de Deus, que desceu dos céus para cumprir a sua obra de redenção para com o pecador. A Palavra de Deus feita carne.E por seu sangue trouxe a remissão dos pecados. Cremos que este mesmo Jesus que foi morto na cruz, ressuscitou e subiu aos céus e está assentado à direita do Pai. De onde há de vir julgar os vivos e os mortos . Ele é o verdadeiro homem e o verdadeiro Deus, e é o único Salvador e mediador entre Deus e os homens. (Luc. 1:27,35; João 1:14; I Ped. 3:18 I Tim 2:5). - Art. 4º - Cremos no Espírito Santo, o qual regenera o pecador e santifica todo o crente, no qual, habita como prêmio e garantia de sua salvação eterna, para consolar, fortalecer e conduzi-lo numa vida de obediência à Deus. E em Si mesmo enriquece a Igreja de Cristo com dons espirituais, dando-lhe a união e a guia no cumprimento de sua missão. - Art. 5º -Cremos na existência dos seres celestiais, os Anjos de Deus, que são ministros de Deus para cumprirem a sua vontade e que pela vontade de Deus são enviados à terra para atender e guardar o povo de Deus. (Sal. 91:11; Mat. 1:20; 2:13,19; 4:11; Luc. 4:10; 16:22; Heb. 1:6; 12:22; apc. 14:10; ) - Art. 6º -Cremos na existência do diabo (satanás) a antiga serpente e seus anjos (espíritos maus),(demônios), o qual luta constantemente contra o homem que serve a Deus, procurando fazer com que se distancie do caminho da verdade. E que devemos rejeitar toda a tentação vinda de sua parte para que possamos estar firmes na fé em Jesus. E que serão todos lançados no fogo eterno ( (Mat. 4:1; 25:41; Ef. 4:27; Jud. 9) - Art. 7º -Cremos Que Cristo o Filho de Deus, voltará para arrebatar a sua Igreja. Porque cremos que Jesus morreu e ressuscitou , assim também aos que com Jesus dormiram, Deus os ressuscitará. Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com trombeta de Deus; e os que morreram em Cristo ressuscitarão primeiro. Depois aos que ficarem vivos, serão arrebatados juntamente com eles nas nuvens, a encontrar o Senhor nos ares, e assim juntos estaremos para sempre com o Senhor. (I Tess. 4: 14-17) - Art. 8º - Cremos no batismo do Espírito Santo, e na diversidade de dons por Ele concedido a todos quantos Deus chamar na sua maravilhosa Graça. Sendo, portanto as linguagens diferentes, um sinal de que o fiel foi batizado pelo Espírito Santo.(Atos 2:4; 10:45-47; 19:6) A manifestação do Espírito Santo é dada a cada um, para o que for útil.( I Cor. 12: 1-11; 14:26-40). - Art. 9º - Cremos na necessidade de nos abster das coisas, sacrificada aos ídolos, do sangue, da carne sufocada e da fornicação, conforme o Espírito Santo mostrou aos discípulos na assembléia de Jerusalém. (Atos 15: 28-29). Devemos então fugir da idolatria e dos cultos de demônios.(I Cor. 10: 14-21) - Art. 10º - Batismo: O batismo que a Igreja reconhece ser o verdadeiro, é aquele em que o homem arrepende-se de seus pecados e confessa ao Senhor Jesus. Pelo qual todo homem é regenerado para viver em uma nova vida debaixo da graça de Jesus Cristo. O batismo é feito por imersão nas águas, EM NOME DO SENHOR JESUS (Atos 2:38) e EM NOME DO PAI E DO FILHO E DO ESPÍRITO SANTO. (Mat. 28:18-19). - Art. 11º - Santa Ceia: A Santa Ceia será realizada de forma cerimonial, uma vez por ano ou conforme Deus revelar, em cada congregação local. Será apresentado à Deus o cálice com fruto da vide e o pão, para serem, servidos aos fiéis. Todo aquele que participar da Santa ceia deverá estar de acordo com a Sã Doutrina.(I Cor. 11:23-29). - Art. 12º - Cultos: Os cultos são instituídos para a igreja louvar ao Senhor Deus por Jesus Cristo seu amado filho. Toda honra, toda glória, todo louvor, pertencem ao nosso Deus. - Art. 13º - Orações e Jejuns: Devemos orar a Deus, suplicando e agradecendo tudo em nome do Senhor Jesus. Orando por todos os homens em toda oração e súplica no espírito. Estando dentro da casa de oração, ou dentro de nossa própria residência devemos buscar a Deus em oração com os joelhos dobrados. O Senhor Jesus quando orou no Jardim Getsêmani, orou prostrado em seu rosto isto é ajoelhado e com rosto no chão (Mat.26:36) e sendo Ele o modelo Santo e Perfeito, devemos usar da mesma forma. Quanto ao orar em pé, consideramos os lugares que não nos proporciona condições para nos ajoelhar. Como diz nas escrituras; Ao nome de Jesus todo o joelho se dobre, em cima nos céus e embaixo na terra. Se os próprios anjos, os quatro animais, e os 24 anciães, prostraram-se e lançaram as suas coroas diante do trono de Deus e do Cordeiro, por que nós homens, não faríamos o mesmo nos humilhando diante do Senhor? A oração é a maneira que o crente tem para comunicar-se com Deus, particular ou coletivamente. Não há limite para se fazer orações, quanto mais pedirmos ao Senhor, mais nossa fé aumentará e teremos que esperar com paciência. A oração não precisa ser feita com gritarias, pois Deus está bem perto de cada um de nós. As vezes a oração em silêncio é a que poderá mais rapidamente ser atendida. Vemos o exemplo de Ana, quando orava no templo, apenas movia seus lábios e Deus a ouviu. Devemos orar em todo tempo com orações e súplica por todos os santos (Efe. 6:18) Quanto ao Jejum, devemos nos espelhar ao que o Senhor Jesus aplicou no sermão do monte. Mat. 6 vs. 16,17,18. Se fizermos Jejum, será tal como um voto ao Senhor, porém cumprindo o jejum não devemos contar a ninguém nem na igreja, pois assim estaríamos sendo como os hipócritas tocando trombeta diante de todos. O Senhor que nos vê em segredo nos recompensará publicamente. - Art. 14º - Sangue e carne sufocada Devemos nos abster do sangue e da carne sufocada, conforme o Espírito Santo mostrou aos apóstolos na assembléia de Jerusalém. O sangue é a vida do animal, portanto tudo que seja feita exclusivamente com sangue de animal não podemos comer, nem beber. Quanto a carne de tudo quanto se vende no açougue 5comemos sem nada perguntar. A carne sufocada é neste caso quando o animal é morto e não derramado o seu sangue. Por exemplo a carne de caça e galinha com pescoço apenas quebrado. É necessário derramar o sangue do animal na terra, para que não venhamos a pecar contra o Senhor Deus. A vida do animal é o sangue, e a vida pertence à Deus. - Art. 15º -UNÇÂO Quanto a unção cremos no que nos mostra na Epístola de Paulo à Tiago, cap. 5 vs.14,15.- Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o com azeite em nome do Senhor; E a oração da fé salvará o doente, e se houver cometido pecados ser-lhe-ão perdoados. A unção cabe aos presbíteros fazerem, e somente em casos extremos, não se pode pedir a unção por qualquer enfermidade. - Art. 16º - A Igreja de Cristo Cremos que todos os redimidos constituem a Igreja Universal, e são membros do Corpo de Cristo cuja única cabeça é Ele. Cada congregação local ou regional de crentes em Cristo, unidos debaixo da direção do Espírito Santo, para tributar adoração à Deus, promover edificação de seus membros é parte integrante da Igreja Universal do Senhor. Art. 17º - Santificação Cremos que a Santificação é obra realizada pelo Espírito Santo de acordo com a Palavra de Deus. Para tanto o crente deve viver uma vida santa, apartando-se de toda espécie de mal, em obediência às Santas Escrituras, em suas normas de santidade. Art. 18º - Ministros Cremos que Jesus Cristo em sua sabedoria separou e continua separando para a sua Igreja homens para o exercício de seu ministério apostólico. Sendo estes, apóstolos, profetas, evangelistas, pastores e ministros através dos quais o Senhor tem usado para apascentar o seu rebanho. Art. 19º - Ressurreição Cremos que haverá ressurreição dos mortos, tanto justos como injustos. Os justos irão para a vida eterna e os injustos para a vergonha e desprezo eterno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários de anônimos não são aceitos somente identificados