sexta-feira, 9 de julho de 2010

DEUS REINA- parte IX

Morreu Saul, e pronto, é hora de Davi reinar sobre Israel, afinal ele foi ungido. Não se poderia mais perder tempo.
Espera um momento. Quem é o maestro desta orquestra? Não é um homem comum. Nesta grande orquestra que é o reino de Israel, só existe um grande Maestro. Só o Senhor. Então não pode ocorrer nada sem a permissão de Deus. Tudo deve estar no seu devido lugar, no seu tempo certo. Não, o Senhor não permite que homem mude seus planos. Portanto Davi não foi logo coroado rei sobre Israel. Mas somente sobre a tribo de Judá.
No cap. 2 de II Samuel. podemos ler a continuidade dos planos de deus em levar Davi ao trono de Israel.
Não foi, digamos, num ímpeto. Foi com a longanimidade do Senhor. Vejamos- E sucedeu depois disto que Davi consultou ao Senhor, dizendo: Subirei a alguma cidade de Judà? E disse-lhe o Senhor: Sobe. E disse Davi: Para onde subirei? E disse: Para Hebrom.....
Foi então ali Davi ungido rei em Judá.
Enquanto isto, Abner capitão do exército de Saul, fez subir ao trono em Israel  a Isbosete, filho de Saul.
Parece que alguém continua a tentar impedir os planos do Senhor Deus de Israel! Mas este reinado durou pouco, apenas dois anos. Este plano não era de Deus. Somente a casa de Judá seguiu Davi como rei. Então hou guerra entre Juda e Israel, ou melhor dizendo entre Isbosete e Davi. Abner que comandava o exército de Israel, foi derrotado. Davi venceu aquela guerra. Abner clamou a Joabe por páz, então pararam aquela batalha. Porém houve uma guerra constante entre a cas ade Davi e a de Saul. Porém Davi cada vez mais se fortalecia. O Senhor Deus era com ele, tudo isto também era plano de Deus.
Por certo durante esta guerra foram mortos aqueles que ao lado de Saul, perseguiram Davi.
Abner estava do lado de Isbosete, mas Deus já estava trabalhando para que Abner rompesse seu apoio a Isbosete. Ocorreu um episódio em que Abner tomou uma das concubinas de Saul. Isbosete se  indignou com Abner. Isto fez com que Abner quegrasse a sua confiança e apoio a Isbosete, reclamando o porque Isbosete procurava motivo de intriga por causa de uma mulher? Não havia ele, Abener, servido a casa de Saul, e continuava a ser fiel? Isto deixou Abner magoado, pelo que decidiu então tomar outro rumo. Decidiu apoiar Davi, e derrubar do trono a Isbosete, filho de Saul. Eis aí mais uma vez a mão silenciosa e longânima do Senhor trabalhando, majestosamente fazendo o movimento da batuta, e reorganizando a orquestra de Israel.

Vejamos bem: Vs. 9,10 e 11- II Samuel cap 3.
Assim faça Deus a Abner, e outro tanto, que como o Senhor jurou a Davi, assim lhe ei de fazer.
Transferindo o reino da casa de Saul, e levantando o trono de Davi sobre Israel, e sobre Judá desde Dã até Berseba.
E nem ainda uma palavra podia responder a Abner porque o temia.

Seguindo em frente, Abner enviou mensageiros a Davi, e fêz aliança com Davi.
Agora Deus passou a usar Abner como instrumento para concluir o seu projeto, sua promessa de levantar Davi ao Trono de Israel. Abner começou a procurar os anciães de Israel, procurando fazer com que os anciães trouxessem Davi e o aclamassem rei sobre Israel. Abner agora era uma peça fundamental para que Davi fosse bem visto no meio do povo de Israel. Abner foi como um chanceler, um relações públicas entre os dois lados. Por isto despertou a inveja de Joabe, contra Abner, pelo que Joab matou à traição a Abner.
Davi não gostou deste fato, porém não poderia agora virar-se contra Joabe, pois perderia todo o apoio de seu exército. Mas num futuro Davi irá passar à Salomão a responsabilidade de punir merecidamente a Joabe, por este delito.O ato, o delito que um homem comete sempre lhe será cobrado, e pagará devidamente, cedo ou tarde. Davi disse: Sou inocente diante do Senhor do sangue de Abner, mas Joabe, só Joabe. Inclusive Davi lançou uma maldição sobre Joabe e sobre sua descendência. Quanto a Isbosete, os próprios criados dele, o mataram, e caíram na tentação, pois tal como o amalequita fez, procederam eles também. Davi havia feito uma promessa a Jônatas, de que se lembraria dele e seria benigno com sua casa, e que não faria nada contra a casa de seu pai Saul. Nisto vemos que a honra de um homem, é contado em sua glória e grandeza. Davi era um homem honrado, nada de que prometera deixaria cair por terra. Jamais Davi mandaria alguém ou permitiria que alguém matasse um descendente de Saul. Davi sabia que a justiça sempre seria feita por Deus, mas nunca tomaria o lugar de Deus neste caso.


 trouxeram a cabeça de Is-Bosete a Davi, a Hebrom, e disseram ao rei: Eis aqui a cabeça de Is-Bosete, filho de Saul, teu inimigo, que procurava a tua morte; assim o SENHOR vingou hoje ao rei meu senhor, de Saul e da sua descendência.


9 Porém Davi, respondendo a Recabe e a Baaná, seu irmão, filhos de Rimom, o beerotita, disse-lhes: Vive o SENHOR, que remiu a minha alma de toda a angústia,

10 Se aquele que me trouxe novas, dizendo: Eis que Saul é morto, parecendo-lhe, porém, aos olhos que era como quem trazia boas novas, eu logo lancei mão dele, e o matei em Ziclague, cuidando ele que eu por isso lhe desse recompensa.

11 Quanto mais a ímpios homens, que mataram um homem justo em sua casa, sobre a sua cama; agora, pois, não requereria eu o seu sangue de vossas mãos, e não vos exterminaria da terra?

12 E deu Davi ordem aos seus moços que os matassem; e cortaram-lhes os pés e as mãos, e os penduraram sobre o tanque de Hebrom; tomaram, porém, a cabeça de Is-Bosete, e a sepultaram na sepultura de Abner, em Hebrom.

Davi nos ensinou em duas ocasiões que o homem ímpio, que procura tirar vantagem de um infortúnio, ou pensandro lograr êxito em suas maldades, não chegará jamais a ser um homem de honra. Todo homem avarento, oportunista das ocasiões, não tem logrado êxito diante do tribunal de Deus.
 
Sempre Deus reina!

DEUS REINA - parte VIII

Saul lançou-se sobre sua própria espada. Seu pagem de armas, não quiz matá-lo como ele queria. ele próprio matou-se, pois sabia que a batalha estava perdida. Seu pagem vendo que Saul estava morto, lanço-se sobre sua propria espada também e matou-se.
Mas na frente vemos um episódio de que alguém lançou mão da corôa de Saul. Um amalequita, que escapara da batalha, estava entre o exército de Israel. e viu Saul já morto. Este amalequita sabia  que Saul era inimigo de Davi. Apropriou-se então da corôa e da manilha, certamente que pensava em ser beneficiado por Davi. Então contou uma estória. Mentindo, falou que Saul lhe pedira que o ferisse com sua própria espada. Certamente pensou que Davi lhe seria muito grato por ter dado um fim na vida de seu inimigo. Mas o que aconteceu foi ao contrário, pois este nunca esteve junto de Davi. Davi jamais permitiria que alguém ferisse a Saul, pois ele próprio já demonstrara isto duas vezes. Davi mandou um mancebo matar aquele amalequita. Vejamos a prud~encia de Davi. No cap 1 de II Samuel vs. 15 e 16:
ENTÃO CHAMOU DAVI A UM MANCEBO E DISSE: CHEGA E LANÇA-TE SOBRE ELE. E ELE O FERIU, E MORREU.
E DISSE DAVI: O TEU SANGUE SEJA SOBRE A TUA CABEÇA, PORQUE A TUA PRÓPRIA BOCA TESTIFICOU CONTRA TI, DIZENDO; EU MATEI O UNGIDO DO SENHOR.
Este foi o fim daquele amalequita. Por duas razõe recebeu a morte. Primeiro porque pensara em tirar alguma vantagem pessoal em declarar diretamente à Davi a morte de Saul. Segunda, por não conhecer a honestidade de Davi, e nem mesmo conhecer ao Senhor Deus de Israel. O povo amalequita era descendentes de Esaú, e tinham constantes guerras contra Israel. Este amalequita, certamente foi um dos poupados por Saul quando Deus mandara Saul destruir a todos. Os amalequitas tinham a fama de ser um povo nômade e saqueador, era classificado como um povo devastador. E foi o que o amalequita fêz, saqueou o corpo de Saul, tirando a sua corôa e suas manilhas, que o identificavam como rei. Neste caso a justiça de Deus veio através de Davi. Davi lamentou muito a morte de Jônatas, chorou e jejuou e compôs uma lamentação.

Com isto tudo termina, o primeiro período de reinado sobre o povo de Israel. Logo então veremos a aclamação de
Davi como rei de Judá. Davi não assumiu de imediato o trono de Israel. Se observarmos foram longos anos de espera para que a vontade de Deus se cumprisse. Saul subiu ao trono de Israel cerca do ano 1060 AC até 1040AC. segundo Josefo. reinou cerca de 20 anos, e tinha a idade de 40 quando começou a reinar. Morreu portanto com 60 anos. Porém em Atos 13:21 encontramos no discurso de Paulo na sinagoga de antioquia, que ele diz que Saul reinou sobre Israel durante 40 anos.Já Davi começou a reinar com 40 anos. Então pode-se dizer que Davi deve ter esperado aproximadamente uns 20 anos talvez, desde que fôra ungido por Samuel. Quando foi ungido era moço, mas teve que esperar muito tempo para cumprir o que Deus o Senhor lhe reservara. Nem sempre as coisas acontecem rápidamente, os Planos de Deus são diferentes dos planos dos homens. deus não leva em conta o período de tempo, mas leva em conta os acontecimentos. Pois Deus o Senhor pode mudar a qualquer momento algum plano seu. Muitos podem dizer! Mas Deus é imutável, ele jamais mudará. A razão disto é que temos que interpretar corretamente isto. Deus jamais mudará. Verdadeiramente jamais mudará. ou seja Ele; Deus; o Senhor, (Ele) não mudará. Mas os seus planos podem ser mudados nesta terra. Não lemos que se Deus o Senhor prometer benção à uma nação, que cumpre os seus mandamentos e anda nos seus caminhos, se tal nação de que o Senhor falou em benção, começar a andar por maus caminhos, não cumprir os seus mandamentos, Deus também muda a benção daquela nação em maldição! Ou se o Senhor prometer maldição, destruição para uma nação, mas se esta nação se arrepender de todo o coração, e voltar os seus caminhos em obedecer aos mandamentos doSenhor, também Deus o Senhor se arrepende do mal que faria, e troca a maldição por benção. Foi isto que aconteceu com Nínive, descrito exclusivamento no livro do profeta Jonas.
Mas Deus não se esquece jamais de suas promessas, os seus planos são feitos e conduzidos como o grande maestro conduz uma grande orquestra. O Senhor sabe exatamente o momento certo de agir. Muitos céticos, que não compreendem os planos do Senhor, dizem ser Deus o Senhor, um deus manipulador. Não podemos acreditar nisto. Primeiro porque Deus o Senhor é único, é soberano, Ele é o criador de todas as coisas. Ele é Senhor. então não tem que dar satisfação a homem algum. Nós somos meramente criaturas de Deus. E nenhuma criatura ´tem o direito de dar opinião ao seu criador, em como Este deve conduzir a vida de sua criatura.
Deus Reina! Ele é o Rei da Glória. Ele é o Rei dos reis, Senhor dos senhores.
Já sabemos que há para todo o propósito na terra um tempo determinado por Deus. Salomão escreveu isto. Alguém pode contestar o que este sábio escreveu? Nada ocorre fora do seu tempo. Porque tudo isto?
PORQUE DEUS REINA!

quinta-feira, 8 de julho de 2010

DEUS REINA - parte VII

Davi considerou então que poderia ser morto pela mão de Saul, e resolveu fugir para a terra dos Filisteus. Imaginemos o risco também que correria Davi na terra dos filisteus. Mas ao que parece o risco era menor do que ficar em Israel. Davi tinha a vantegem de que entre os /filisteus, poderia não ser reconhecido. Levou com ele suas duas mulheres, Ainoã, a jizreelita, e Abigail, a mulher de Nabal, o carmelita.

I Samuel 28: E, sendo Saul avisado que Davi tinha fugido para Gate, não cuidou mais de buscá-lo.

5 E disse Davi a Aquis: Se eu tenho achado graça em teus olhos, dá-me lugar numa das cidades da terra, para que ali habite; pois por que razão habitaria o teu servo contigo na cidade real?
6 Então lhe deu Aquis, naquele dia, a cidade de Ziclague (por isso Ziclague pertence aos reis de Judá, até ao dia de hoje).
7 E foi o número dos dias, que Davi habitou na terra dos filisteus, um ano e quatro meses.
8 E subia Davi com os seus homens, e davam sobre os gesuritas, e os gersitas, e os amalequitas; porque antigamente foram estes os moradores da terra que se estende na direção de Sur, até à terra do Egito.
9 E Davi feria aquela terra, e não dava vida nem a homem nem a mulher, e tomava ovelhas, e vacas, e jumentos, e camelos, e vestes; e voltava, e vinha a Aquis.
10 E dizendo Aquis: Onde atacastes hoje? Davi dizia: Sobre o sul de Judá, e sobre o sul dos jerameelitas, e sobre o sul dos queneus.
11 E Davi não deixava com vida nem a homem nem a mulher, para trazê-los a Gate, dizendo: Para que porventura não nos denunciem, dizendo: Assim Davi o fazia. E este era o seu costume por todos os dias que habitou na terra dos filisteus.
12 E Aquis confiava em Davi, dizendo: Fez-se ele por certo aborrecível para com o seu povo em Israel; por isso me será por servo para sempre.

Davi ficou entre os filisteus, e procedeu com muita cautela diante do rei. Fazia suas manobras de guerra, mas não deixava ninguém sobreviver, para não ser denunciado.

I Samuel 28
E sucedeu naqueles dias que, juntando os filisteus os seus exércitos à peleja, para fazer guerra contra Israel, disse Aquis a Davi: Sabe de certo que comigo sairás ao arraial, tu e os teus homens.

2 Então disse Davi a Aquis: Assim saberás o que fará o teu servo. E disse Aquis a Davi: Por isso te terei por guarda da minha pessoa para sempre.
3 E Samuel já estava morto, e todo o Israel o tinha chorado, e o tinha sepultado em Ramá, que era a sua cidade; e Saul tinha desterrado os adivinhos e os encantadores.
4 E ajuntaram-se os filisteus, e vieram, e acamparam-se em Suném; e ajuntou Saul a todo o Israel, e se acamparam em Gilboa.
5 E, vendo Saul o arraial dos filisteus, temeu, e estremeceu muito o seu coração.

Agora é que chega o início do fim de Saul. Um homem que durante o seu reinado foi prepotente, e deixou de lado a vóz do Senhor seu Deus. Deixou de obedecer a palavra enviada pelo profeta.
Samuel agora já estava morto, não tinha como saul recorrer ao profeta do Senhor.
No começo do reinado de saul, ele mandou matar todos os adivinhos que haviam em Israel, fez uma perseguição ferrenha, procurando evitar que o povo de Israel servisse a outros deuses, e continuassem pecando contra o Senhor.
Mas há momento em que quando o homem deixa de ouvir a vóz do Senhor, fica confuso, e não sabe que rumo tomar quando não consegue mais ouvir a vóz do Senhor. Assim ficou Saul, sabendo que o senhor não mais falaria com ele, uma vez que Samuel era morto. Saul acrescentou aos seus pecados um pecado ainda maior diante do Senhor.  Foi em busca de uma mulher adivinha. Mulher que não tinha o espírito do Senhor, mas por meio de feitiçarias, fez com que um suposto espírito de Samuel aparecesse para Saul. Alguém pode pensar que aquele Samuel que ali apareceu foi realmente o profeta do Senhor. Mas não nos confundamos. Deus jamais permitiu nem permitirá que o espírito de alguém que já morreu volte para falar com os vivos. É uma pura ilusão, uma verdadeira manipulação feita por satanaz, que engana todo o mundo desde o princípio. O próprio satanáz se disfarça de anjo de luz, então ele próprio se fez passar por Samuel. Ainda que o recado que Saul recebera parece ter sido verdadeiro. Então é bom observarmos muito bem.

A primeira observação está aqui:=> E o rei lhe disse: Não temas; que é que vês? Então a mulher disse a Saul: Vejo deuses que sobem da terra.

14 E lhe disse: Como é a sua figura? E disse ela: Vem subindo um homem ancião, e está envolto numa capa. Entendendo Saul que era Samuel, inclinou-se com o rosto em terra, e se prostrou.

Este diálogo mostra que não era o espírito de Samuel quem aparacia. A própria mulher disse que via deuses subindo da terra.
E Saul lhe perguntou o seu aspécto. E tendo a resposta de que era um semelhante a um homem idoso envolto numa capa, Saul deduziu ser Samuel. E o pior ainda inclinou-se na terra diante daquele suposto espírito. Saul inclinou-se verdadeiramente foi diante de satanaz, que já o tinha subjugado, e agora era adorado por Saul.

Samuel disse a Saul: Por que me inquietaste, fazendo-me subir? Então disse Saul: Mui angustiado estou, porque os filisteus guerreiam contra mim, e Deus se tem desviado de mim, e não me responde mais, nem pelo ministério dos profetas, nem por sonhos; por isso te chamei a ti, para que me faças saber o que hei de fazer.


16 Então disse Samuel: Por que, pois, me perguntas a mim, visto que o SENHOR te tem desamparado, e se tem feito teu inimigo?

17 Porque o SENHOR tem feito para contigo como pela minha boca te disse, e o SENHOR tem rasgado o reino da tua mão, e o tem dado ao teu próximo, a Davi.
18 Como tu não deste ouvidos à voz do SENHOR, e não executaste o fervor da sua ira contra Amaleque, por isso o SENHOR te fez hoje isto.
19 E o SENHOR entregará também a Israel contigo na mão dos filisteus, e amanhã tu e teus filhos estareis comigo; e o arraial de Israel o SENHOR entregará na mão dos filisteus.
20 E imediatamente Saul caiu estendido por terra, e grandemente temeu por causa daquelas palavras de Samuel; e não houve força nele; porque não tinha comido pão todo aquele dia e toda aquela noite.
21 Então veio a mulher a Saul e, vendo que estava tão perturbado, disse-lhe: Eis que a tua criada deu ouvidos à tua voz, e pus a minha vida na minha mão, e ouvi as palavras que disseste.
22 Agora, pois, ouve também tu as palavras da tua serva, e porei um bocado de pão diante de ti, e come, para que tenhas forças para te pores a caminho.
23 Porém ele o recusou, e disse: Não comerei. Porém os seus criados e a mulher o constrangeram; e deu ouvidos à sua voz; e levantou-se do chão, e se assentou sobre uma cama.
24 E tinha a mulher em casa um bezerro cevado, e se apressou, e o matou, e tomou farinha, e a amassou, e a cozeu em bolos ázimos.
25 E os trouxe diante de Saul e de seus criados, e comeram; depois levantaram-se e partiram naquela mesma noite.

Não há muito o que comentar sobre este episódio. Mas ainda que pareça, pela maneira que está descrito nos versículos acima, até parece que realmente era Samuel quem falara com Saul. Mas sabemos que satanáz também ou um espírito qualquer talvez o mesmo que atormentava Saul, enviado da parte de Deus, sim este mesmo espírito se fez passar por Samuel e mandou o recado para Saul. E o que Saul ouviu sabemos já que realmente tudo aconteceu.

Saul foi para a batalha, o exército de Israel foi ferido diante dos filisteus, e Saul acabou sendo ferido. E por questão de honra, acabou por lançar-se sobre sua própria espada para não dizer que foi morto por um filisteu..

Acabou portanto o reinado de Saul, morreu o rei, mas o Senhor Deus de Israel continua a Reinar!