domingo, 18 de outubro de 2009

SOMENTE A BIBLIA

SOMENTE AS ESCRITURAS... "Sola Scriptura" [= "Somente as Escrituras"] , "Assim diz o Senhor", "Está Escrito" É a Bíblia verdadeiramente a autoridade final em todas as questões de fé e de moral? É "Sola Scriptura" um conceito bíblico, ou é um conceito inventado pelo homem? "As minhas ovelhas ouvem a minha voz, e eu conheço-as, e elas me seguem;" (João 10:27) O termo "Sola Scriptura", ou "somente a Bíblia", é uma frase curta que representa uma simples verdade, a saber, que existe e possuímos somente uma revelação especial de Deus e ela constitui as Escrituras (a Bíblia, a Palavra escrita). As Escrituras declaram este conceito repetida e enfaticamente. A exata frase "está escrito" significa que a Bíblia é exclusiva e totalmente transcrita de Deus [cada e todas as palavras da Bíblia, e só dela, são rigorosamente de Deus, perfeitas, perfeitamente ditadas por Deus ou por Ele perfeitamente escolhidas no vocabulário do escritor e assopradas na mente deste, perfeitamente registradas, e perfeitamente preservadas], a Bíblia não resulta de nenhum "disse me disse" [de palavras imprecisas, de rumor falivelmente transmitido e falivelmente registrado por falíveis homens]. O mandamento para crer o que está escrito significa crer somente na pura Palavra de Deus. O que está em julgamento de vida ou morte, perante o Deus Todo Santidade, é [o crermos, obedecermos e defendermos] a Sua verdade incorruptível [a Bíblia]. No último mandamento na Bíblia, Deus resolutamente nos diz para não adicionarmos nem subtrairmos da Sua Palavra. "18 Porque eu testifico a todo aquele que ouvir as palavras da profecia deste livro que, se alguém lhes acrescentar alguma coisa, Deus fará vir sobre ele as pragas que estão escritas neste livro; 19 E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro." (Apocalipse 22:18-19) A Sua Palavra é absolutamente suficiente em si própria. (Salmos 119:160) ["A tua palavra é a verdade desde o princípio, e cada um dos teus juízos dura para sempre."] A mensagem bíblica assoprada por Deus é revelação em forma escrita (2Timóteo 3:15-16) [15 E que desde a tua meninice sabes as sagradas Escrituras, que podem fazer-te sábio para a salvação, pela fé que há em Cristo Jesus. 16 Toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para 43 corrigir, para instruir em justiça;]. A reivindicação bíblica é que aquilo que Deus tem inspirado é a Sua palavra que foi escrita (2Pedro 1:20-21) [20 Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação. 21 Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo.]. Quando o Senhor Jesus Cristo disse : "A Escritura não pode ser anulada" (João 10:35), Ele estava falando da Palavra de Deus escrita. Os eventos, ações, mandamentos e verdades de Deus nos são dadas em forma proposicional, isto é, em forma de sentenças lógicas escritas. A declaração de Deus nas Escrituras é que ela, e somente ela, é a autoridade final em todas as questões de fé e moral. Portanto, existe somente uma fonte escrita provinda de Deus. Para o povo de Deus nas igrejas, existe somente uma base para conhecer a verdade. Afirmado por Jesus Cristo O próprio Senhor Jesus Cristo, em pessoa, identificou a verdade como sendo a Palavra escrita. Na Sua oração como Sumo Sacerdote, Ele disse: "Santifica-os na tua verdade; a tua palavra é a verdade." [João 17:17]. Isto foi consistente com as declarações através de todo o Velho Testamento, nas quais o Espírito Santo continuamente proclama que a declaração vinda de Deus é a verdade, como, por exemplo, em (Salmos 119:142), "a tua lei é a verdade." Não há nenhuma outra fonte (a não ser, somente, as Escrituras) à qual uma tal declaração se aplique. Somente aquela fonte, as Santas Escrituras, é que são o padrão do crente quanto ao que é a verdade. No Novo Testamento, é a Palavra escrita de Deus, somente ela, à qual o Senhor Jesus Cristo e Seus apóstolos se referem como sendo a autoridade final. Na tentação, três vezes o Senhor Jesus resistiu a Satanás, dizendo: "Está escrito", como, por exemplo, em Mateus 4:4, "Ele, porém, respondendo, disse: Está escrito: Nem só de pão viverá o homem, mas de toda a palavra que sai da boca de Deus." Ao declarar "Está escrito" o Senhor usou exatamente a mesma frase que é usada quarenta e seis vezes na Santa Bíblia. A persistência da frase repetida enfatiza a sua importância. A total aceitação da autoridade do Velho Testamento, pelo Senhor, é evidente em Suas palavras encontradas em Mateus 5:17-18: "17 Não cuideis que vim destruir a lei ou os profetas: não vim ab-rogar, mas cumprir. 18 Porque em verdade vos digo que, até que o céu e a terra passem, nem um jota ou um til se omitirá da lei, sem que tudo seja cumprido."

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários de anônimos não são aceitos somente identificados