terça-feira, 10 de março de 2009

Unção: Ato de purificação e consagração

A unção de um enfermo não é feita para que o enfermo tenha libertação de sua enfermidade, mas é para purificação de seu espírito. Perdão de pecados. Segundo o costume dos sacerdotes, a unção com azeite deve ser feita na cabeça.A unção de azeite na testa é uma prática usual do catolicismo. Eu creio que uma unção não é molhar o dedo no azeite e depois esfregá-lo na testa do enfermo.E para discordar disto há exemplos na biblia. O correto é derramar o azeite sobre a cabeça do enfermo. Esta é a forma correta......è como óleo precioso que desce sobre a cabeça e sobre a barba de Arãao....Outro exemplo, é a unção dos reis de Israel. Exo.29-7 Então, tomarás o óleo da unção e lho derramarás sobre a cabeça; assim o ungirás. Lev. 8:12-Mat 26:6- Jo 12:18- Depois, derramou do óleo da unção sobre a cabeça de Arão e ungiu-o, para consagrá-lo. Mar 14:8- Estando ele em Betânia, reclinado à mesa, em casa de Simão, o leproso, veio uma mulher trazendo um vaso de alabastro com preciosíssimo perfume de nardo puro; e, quebrando o alabastro, derramou o bálsamo sobre a cabeça de JesusTiago 5:14-4Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e estes façam oração sobre ele, ungindo-o com óleo, em nome do Senhor. Vemos que quem salvará o doente é a oração da fé e não a unção.Porque então Tiago mandou que fosse ungido com óleo?Vemos o porquê no verso seguinte: Tia. 5:15-E a oração da fé salvará o enfermo, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados.A unção tem alguma relação com a consagração e purificação.Como poderemos ver nas referências seguintes:Ex. 28:41-E, com isso, vestirás Arão, teu irmão, bem como seus filhos; e os ungirás, e consagrarás, e santificarás, para que me oficiem como sacerdotes.Exo. 30:25Disto farás o óleo sagrado para a unção, o perfume composto segundo a arte do perfumista; este será o óleo sagrado da unção. 26Com ele ungirás a tenda da congregação, e a arca do Testemunho, 27e a mesa com todos os seus utensílios, e o candelabro com os seus utensílios, e o altar do incenso, 28e o altar do holocausto com todos os utensílios, e a bacia com o seu suporte. Exo. 30: 29- Assim consagrarás estas coisas, para que sejam santíssimas; tudo o que tocar nelas será santo. 30Também ungirás Arão e seus filhos e os consagrarás para que me oficiem como sacerdotes. 31Dirás aos filhos de Israel: Este me será o óleo sagrado da unção nas vossas gerações.Há ainda Exodo 40 em diante. Tudo que ali se refere a unção com o óleo, é para a santificação, consagração, purificação.Resumindo. ao ministro do Senhor ungir um enfermo, não está ungindo-o para a cura de sua enfermidade, mas preparando santificando-o diante do Senhor, pois se houver cometido pecados serão perdoados. A oração da fé irá dar saúde ao enfermo, e se isto não ocorrer, a unção lhe servirá de preparação do espírito, perdoando-lhe pecados se tiver cometido algum.Repetirei aqui o que Tiago escreveuEstá alguém entre vós aflito? Ore. Está alguém contente? Cante louvores. Está alguém entre vós doente? Chame os presbíteros da igreja, e orem sobre ele, ungindo-o com azeite em nome do Senhor; e a oração da fé salvará o doente, e o Senhor o levantará; e, se houver cometido pecados, ser-lhe-ão perdoados. Confessai as vossas culpas uns aos outros e orai uns pelos outros, para que sareis; a oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. Paulo Sobrinho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários de anônimos não são aceitos somente identificados